quinta-feira, 21 de julho de 2011

• Mutluluk *

Sempre existirão mágoas nas nossas vidas. Mas ao mesmo tempo bençãos também.

Sempre haverá dor. Mas a alegria também pode surgir. E precisamos sempre não nos deixar cegar pelas dores a ponto destas não nos permitirem experimentar alegrias. Inda que pequenas nos possam parecer estas últimas ao lado das primeiras.

A receita para atingir a perfeição na busca da felicidade é então... reduzir até chegar a ignorar totalmente aquilo que nos fere a alma e ampliar até ao infinito aquilo que a conforta.

Simples. Mas é preciso coragem e inteligência.

________________________________________________________

* Felicidade, em turco.

16 comentários:

Arroba disse...

Mais me permito acrescentar : a dor, o desejo a ilusão , espécie de triângulo que sintetiza toda a miséria humana bem como o caminho para sair dela :) No entanto a perfeição é inatingivel ao ser humano...
Beijo em si.

Giuseppe Pietrini disse...

Cara Arrob@, o facto de a perfeição ser alegadamente inatingível ao ser humano não deve impedir este de a almejar. Mas, sim, este meu pensamento é como que uma abstração matemática... Jinho ;-)

Nonsense disse...

Essa sublimação do sofrimento, implica distanciamento dele, logo, por si só, implica uma escalada ascendente já iniciada.

É o primeiro "arranque" para fora desse estado de dor que parece inalcansável.

Mas sim, concordo que o percurso por si só é um estado de graça.

Obrigado por esse pensamento.

Sofia disse...

No papel é tãooo simples. Mas é preciso coragem, eu sempre disse que é preciso coragem para ser feliz... Muito obrigada pelo teu comentário no meu blog ;)

Giuseppe Pietrini disse...

Nonsense, isto que lhe vou responder é "sem sentido"!... vou desconstruir o meu pensamento tão bem aceite por si. Com a alusão a um pensamento de outro homem, maior que eu, em que acredito também:

Palavras de OSHO - Até a tristeza pode se tornar um florescimento

Giuseppe Pietrini disse...

Pois é, Sofia, eu também já aqui disse que é uma abstração!... obrigado eu pela tua visitinha. E por tudo que ao ler-te eu aprendo.

Feliz disse...

Mais um brilhante texto! A sério! Respira-se tranquilidade, fé e esperança no teu blog Giuseppe!

Beijinhos*

Giuseppe Pietrini disse...

Feliz, se achaste que se respira tranquilidade, fé e esperança no meu blog, isso deve-se a eu ser talvez um bom actor... porque eu não faço bem, bem, o que prego aqui. E deixo a tristeza invadir-me bastas vezes sem resistir... como aliás já disse por outras palavras a outra comentadora aqui, a Nonsense. Fica também o convite para espreitares o blog dela.

Vê acima o link para este post de outro blog "Palavras de OSHO - Até a tristeza pode se tornar um florescimento".

Já agora, Feliz... huuummm!... sabes que este meu blog é escrito num Mac perto do ISCE?...

Feliz disse...

Ah! Não! Não sabia! Mas já estou a antever um café numa boa esplanada aí perto! Mac debaixo do braço e um chá em Odivelas! Hehehe!

Acho que todos nós somos melhores a falar do que a fazer. A teoria sabemo-la de cor!

Fui ver o site/blog que recomendaste! Fantastico! Uma delicia! Reconfortante!

Obrigada, de coração!

S* disse...

Temos de saber pegar no bom e ignorar o mau.

Giuseppe Pietrini disse...

Feliz, vou indicar sítios com esplanadas fixes para ires tomar um chá com o teu Mac, quando estiveres a frequentar aulas aqui no ISCE:

• Casa de Chá do Centro de Exposições de Odivelas,
• Biblioteca D.Dinis, em Odivelas (aberta até à meia noite, sempre full of people todos os dias)
• Casa do Largo, em Caneças,
• Quinta do Conventinho, em Santo António dos Cavaleiros,
• Bar O Moínho, na Azóia, perto do cabo da Roca. Este é um pouco mais afastado, mas a valer o desvio por ali.

O blog da Nonsense é sublime. Mas notaste que não se respira assim tanta felicidade como no teu?...

Giuseppe Pietrini disse...

Cara S*, sempre sintética, como de costume...

Abraço ao teu "Mais-que-tudo". E não ligues ás bruxas nem a Marias-veneno... És maior do que elas...

Feliz disse...

Obrigada pelas dicas! :D
Estou ansiosa por começar! E por recomeçar!
O meu blog é como eu - transparente! Mas já me disseram que é deprimente...não concordo...
Fico contente por achares que se respira felicidade! ... tenho duvidas, tenho demasiados medos...(pelo menos nesta fase...)

Enfim! Obrigada por seres uma presença assídua!

A Minha Essência disse...

A perfeição existe?! ;)

Giuseppe Pietrini disse...

Feliz, o teu blog é muito transparente, mesmo. Deprimente?... não sei donde alguém inteligente e honesto pode tirar essa análise...

Eu também vejo que tens dúvidas e medos. mas também tens outra coisa: garra. E se sou assíduo a ler-te, é por causa dessa garra que mostras. E transmites aos outros. E depois, o teu blog faz parte do meu top 5...

Giuseppe Pietrini disse...

Essência de ti, claro que a perfeição existe!...

É um estado de espírito. Nunca ouviste a frase "nobody is perfect until you fall in love with them"?...